Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 25 de julho de 2011

LATA DOS INFERNOS!!!!!

O culpado pelo famoso latão do Sonic 3

Rate this item
(0 votes)
Quem foi o culpado pelo famoso barril da Carnival Night de Sonic 3? Takashi Iizuka e Yuji Naka responderam sobre a questão.

Durante a Summer of Sonic 2011, em entrevista com Takashi Iizuka (atual chefe da Sonic  Team) e Yuji Naka (produtor de vários jogos do Sonic e criador do mesmo), o famoso latão ou barril ou caixa flutuante (ou como você quiser chamar) da Carnival Night docarnival_night_latao_barril Sonic the Hedgehog 3 entrou em pauta.

Basicamente cada fã de Sonic tem a sua história particular e traumática sobre este latão. Eu particularmente não consegui zerar o game na primeira vez que o aluguei por conta deste latão. Você nunca jogou Sonic the Hedgehog 3? Bom, jogue, na parte em que você empacar por conta do caminho (não da dificuldade), é o dito cujo barril. Não tem erro.

Esse elemento da Carnival Night é tão famoso e conhecido entre fãs, que contribuiu significamente para que a Power Sonic obtesse sucesso em seus primórdios. Confira o trecho da entrevista:

Svend Joscelyne:  Iizuka-san, você foi o level designer de Sonic the Hedgehog 3 e muitas das crianças lembram de uma coisa bem específica do jogo: o barril da Carnival Night Zone (gerou risadas de Iizuka-san e da platéia) onde o único jeito de proceder pela fase era apertar para cima, baixo, cima, baixo várias vezes para prosseguir pela fase. Você estava envolvido nesta parte do processo level design? Você pensa no passado hoje e pensa "Quantas vidas de crianças eu aruinei ao implementar aquele barril?"

Takahi Iizuka: A resposta curta é não, isso não foi feito por mim (a platéria ri e aplaude)! A pessoa responsável por aquele level é o lider do level design de Sonic 1, 2 e 3. Seu nome é Yasuhara.

Yuji Naka: Eu presumo que as pessoas descobriam que aquele nível é bem difícil de entender e eu seria realmente o responsável por programá-lo. Eu sinto muito! Obrigado (a multidão ri e aplaude de novo).

---

Hoje em dia, com o trauma superado, realmente é engraçado e as respostas mereceram o aplausos, risos e descontração da platéia presente na entrevista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário